Engenheiro apontado como responsável por túnel que permitiu furto milionário ao Banco Central é preso após 12 anos foragido

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de São Paulo prenderam Marcos Rogério, conhecido como “Bocão” e “Cabeção”, um engenheiro apontado como o responsável por projetar e supervisionar o túnel que permitiu o furto, em 2005, de R$ 164 milhões dos cofres do Banco Central, em Fortaleza, no Ceará. Relembre o caso Na madrugada […]

Continue Reading