MUNDO DAS LUTAS – Dana White explica o motivo da carreira de Ronda Rousey ter sido tão curta no UFC

A - ESPORTES A3 - MUNDO DAS LUTAS

É difícil imaginar que toda a carreira de Ronda Rousey no UFC durou menos de quatro anos. Ela ajudou a introduzir a luta feminina no UFC depois que Dana White disse a famosa frase que isso nunca aconteceria, e a medalhista de bronze olímpica de 2008 no judô se tornou uma das maiores estrelas da história do esporte. No seu auge, Rousey estava lado a lado com Conor McGregor como os dois lutadores mais reconhecidos que o UFC já promoveu.

Mas tão rapidamente quanto Rousey alcançou a fama, sua queda de volta à Terra aconteceu quase com a mesma rapidez. Uma impressionante derrota por nocaute para Holly Holm foi seguida por outra finalização rápida de Amanda Nunes apenas 13 meses depois e essa foi a última vez que Rousey apareceu no UFC.

Falamos dela recentemente aqui no canal:

ou veja aqui

Olhando para trás agora, o CEO do UFC acredita que foi na verdade o compromisso eterno de Rousey em construir o esporte e a vontade de servir como uma das faces da promoção que realmente impediram o seu sucesso mais longo: “O que aconteceu com Ronda foi, Ronda foi única porque veio e colocou isso no cenário mundial. Essa coisa de mulheres lutando. Ela colocou isso no cenário mundial em um nível que ninguém mais poderia ter feito. Enquanto ela fazia o que fazia, construindo o esporte, o UFC e as mulheres, todas essas outras mulheres, treinavam para vencê-la. Ela tinha assumido tantas responsabilidades na época que era literalmente impossível para ela continuar crescendo como lutadora durante aquele período.

Ela não produziu quase nenhum ataque contra Holm antes que a ex-campeã de boxe demolisse Rousey com um violento chute na cabeça menos de um minuto do segundo round. Em sua luta seguinte, Rousey nem sequer começou a lutar antes de Nunes a atacar com socos e ela ser dominada apenas 48 segundos após o início da luta.

Embora ela nunca tenha se aposentado tecnicamente, Rousey estava efetivamente acabada depois de perder para Nunes e, verdade seja dita, White sentiu que saiu na hora certa. Por mais que gostasse de ter Rousey por perto, White acredita que não tinha mais nada a provar quando decidiu pendurar as luvas antes de voltar sua atenção para o wrestling profissional e começar uma família com o marido Travis Browne.

É uma boa explicação, mas claro que ninguém fica para sempre no topo. Mas ali realmente a queda veio tão potente e rápida como o início. Mas foi bom enquanto durou, pois ajudou, realmente, a popularizar o MMA feminino. Que bom.

FOTO: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

AJUDE O CANAL VIA PIX E AINDA PARTICIPE DO PRÓXIMO VÍDEO

Você pode ajudar o nosso canal com uma doação de qualquer valor nessa nossa causa na divulgação desses assuntos menos divulgados na grande mídia e ainda participar do próximo vídeo – Deixe sua opinião/colaboração na mensagem PIX e ela aparecerá no próximo vídeo .

Você pode doar via QR CODE ou pela nossa chave PIX e-mail: ariel.selbach@gmail.com

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS


GRUPO DE WHATSAPP: Mande mensagem ao nosso número (54) 9 9136 3402 e inserimos você na nossa lista de transmissão, assim você receberá as informações diariamente;

Face Geral – FACEBOOK 1
Face Geral – FACEBOOK 2
Insta Geral – INSTAGRAM
Website – SITE
YT Gosta de Turismo – YOUTUBE VIAGENS DE ARIEL
YT Gosta de Notícias gerais – YOUTUBE INORMATUDO
YT Gosta de Moto, Lutas e F1 – YOUTUBE ESPORTE TOTAL MOMENTOS EMOCIONANTES
YT Gosta de Cinema- YOUTUBE CRÍTICAS DE CINEMA BY ARIEL
YT Gosta de Moto – ENCONTROS E VIAGENS DE MOTO BY ARIEL
Insta Gosta de Moto – Moto na estrada by Ariel

Confira SERVIÇOS QUE OFERECEMOS

Encaso de falha no link veja aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO SITE

Veja TODAS elas, clicando AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *